CARPET - residências artísticas


O Projeto CARPET – Craft, Art and People Together, é uma parceria transnacional, no âmbito do programa Europa Criativa da União Europeia, tendo por base promover o contacto entre artistas contemporâneos e artesãos e aproximar o processo criativo dos cidadãos em geral com vista a valorizar a criação artística como força motriz para o desenvolvimento social, cultural, económico e patrimonial.

As ações são especialmente concebidas para experimentar, mediante o intercâmbio de conhecimentos e a criação conjunta, noutros contextos e espaços.

Esta parceria é constituída pela Fundación Tres Culturas (Espanha), Creative Kernow (Reino Unido), CEARTE (Portugal) e Marrocos como país convidado, representado pela Agence Pour le Développment du Nord du Maroc (APDN).

 

Objetivos do Projeto:

- Promover a cooperação entre os diferentes agentes que contribuem para o desenvolvimento social e económico das comunidades

-Promover a interação dos diferentes agentes do setor das indústrias criativas com os públicos

- Fomentar a aproximação dos públicos à cultura e em especial ao artesanato

- Fomentar a interligação entre as diferentes culturas e realidades sociais

- Promover a inclusão e igualdade, através da arte e do artesanato

- Potenciar a mobilidade transnacional no setor das indústrias criativas

 

 

Residências Artísticas

As residências artísticas no âmbito da atividade “The Twist” do Projeto CARPET, contemplaram o intercâmbio de artistas entre os diferentes países, como um convite à mudança, ao olhar numa outra direção, a provar, testar e experimentar a criação conjunta, entre artesãos, designers e artistas plásticos. Tratou-se de uma ação experimental com o objetivo de promover resoluções, alargar pontos de vista e analisar o potencial da cocriação em qualquer esfera de atividade.

O CEARTE teve uma open cal para as residências artísticas no estrangeiro, tendo recebido diversas candidaturas de artistas e artesãos portugueses para participarem as residências artísticas em Espanha. Coube à Fundación Tres Culturas selecionar os participantes, a artesã Estela Melo e a fotógrafa Sara Pais de Melo.

No âmbito desta atividade o CEARTE acolheu, durante um mês, duas artistas estrangeiras (uma espanhola e outra inglesa).

Pilar Saenz, ceramista espanhola, que após uma breve estadia nas instalações do CEARTE em Coimbra, esteve a desenvolver o seu trabalho em Cerdeira, de 21 de fevereiro a 20 de março, acompanhada pelos formadores de cerâmica do CEARTE, bem como pelos diversos artistas que passaram pela aldeia do xisto.

O trabalho, inspirado pela envolvência da aldeia e pelas experiências de partilha tanto com os formadores do CEARTE como com os artistas, aldeãos e turistas de diversos continentes que com ela interagiam na aldeia, resultou numa coleção de taças onde foram aplicadas diversas técnicas de decoração, desde o simples vidrado até ao kintsugi (técnica de restauro de cerâmica japonesa)

Anne Williams, artistas do feltro, esteve em residência nas oficinas de têxteis do CEARTE de 8 de abril a 8 de maio, tendo desenvolvido toda a sua atividade através das técnicas de feltragem, acompanhada pelas formadores da área têxtil do CEARTE. O resultado foram diversos painéis representando paisagens urbanas de Coimbra, bem como alguns apontamentos de azulejos avulso.

Os trabalhos resultantes de todas as residências artísticas serão exibidos numa exposição itinerante pelos vários países e que terá o seu inicio em Sevilha (Espanha) a 17 de junho. Contamos que esteja patente em Portugal de 29 de junho a 7 de julho, em Lisboa, durante a FIA 2019.

 

 

Para saber mais sobre o CEARTE: www.cearte.pt

Para saber mais sobre o Porjeto CARPET: https://www.cearte.pt/article/CARPET.html

Para saber mais sobre Pilar Sáenz: http://www.pilarsaenz.es/

Para saber mais sobre Anne Williams: https://www.feltartworks.com/

Para saber mais sobre Estela Melo: https://www.facebook.com/OvelhaMae/

Para saber mais sobre Sara Melo: https://www.facebook.com/paisdemelosara/

Para saber mais sobre Cerdeira – Home for Creativity: https://www.cerdeirahomeforcreativity.com/

 

Ao longo deste período fomos relatando as atividades no diário das residências artísticas