CEARTE e Faculdade de Farmácia distinguidos pelo INFARMED


17 janeiro 2019

 

CEARTE e Faculdade de Farmácia distinguidos pelo INFARMED

17 de Janeiro 2019

http://campeaoprovincias.pt/noticia/cearte-e-faculdade-de-farmacia-distinguidos-pelo-infarmed 

Fernando Gaspar, Ana Cristina Medes e Paulo Teles Marques

 

O guia “Orientações para a actividade de produção de cosméticos em pequena escala” levou o CEARTE – Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património e a Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC) a serem distinguidos pelo Infarmed.

O prémio de boas práticas foi entregue pelo secretário de Estado da Saúde, Francisco Ramos, na terça-feira (15)

O guia, uma iniciativa do CEARTE e editado pelo Centro em 2018, foi desenvolvido durante o ano de 2017, em parceria com a FFUC, e teve como autores Ana Cristina Mendes e Fernando Gaspar, do CEARTE, e, por parte da Faculdade de Farmácia, Eugénia Pina e o Rui Manadas.

Com a atribuição do prémio, o Infarmed reconhece que “este é um guia que responde a necessidades de orientação sobre o exercício de actividade e a legalização dos pequenos produtores existentes em Portugal na área dos cosméticos, com especial enfoque nos sabonetes artesanais, à luz da legislação nacional e comunitária aplicável”, revela o CEARTE.

O documento, sublinha o Centro, “é também importante numa lógica de protecção dos consumidores, pois estes, ao adquirirem sabonetes ou outros cosméticos produzidos por Unidade Produtiva Artesanal reconhecida, têm a garantia de que os mesmos são fabricados de modo artesanal por micro-produtores que possuem o devido licenciamento, que se encontram registados no Infarmed e que têm os seus produtos inscritos no portal de notificação europeu “Cosmetic Products Notification Portal” (CPNP), com os inerentes comprovativos e monitorização do controle de qualidade a que estão sujeitos por parte das entidades competentes”.

O prémio esteve integrado numa cerimónia de distinções, atribuídas pelo Infarmed, a entidades públicas ligadas à saúde e ‘stakeholders’ daquele organismo, que “desenvolveram soluções, práticas e outras iniciativas que se revelaram de grande utilidade e marcaram a sociedade ao longo do ano 2018”.

CEARTE e Politécnico de Tomar reforçam parceria

O curso de especialização tecnológica em “Conservação e Restauro de Madeira” é o motivo que levou o CEARTE (Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património) e o Instituto Politécnico de Tomar (IPT) a reforçarem a sua parceria, que dura já há seis anos.

O curso, que funciona anualmente no polo de Semide do CEARTE, foi bastante elogiado por uma delegação do IPT, nomeadamente, pelas condições de formação e as bem equipadas oficinas e laboratório, tal como a qualidade da equipa de formadores multidisciplinar.

No final da visita, ficou acordada uma actualização, com reforço de intervenções, do protocolo de parceria, que passará por “aumentar o número de créditos atribuídos aos formandos deste curso do CEARTE que ingressem na licenciatura em ‘Conservação e Restauro’ do IPT, numa maior disponibilidade do Instituto para ministrar formação no curso em disciplinas muito cientificas, bem como disponibilização dos laboratórios do IPT para formação laboratorial”, revela o Centro.

 

 

Mira Online 

http://miraonline.pt/cearte-e-faculdade-de-farmacia-distinguidos-pelo-infarmed/ 

CEARTE e Faculdade de Farmácia distinguidos pelo INFARMED

Pelo Guia de produção de cosméticos em pequena escala

 

O CEARTE e a FACULDADE DE FARMÁCIA da Universidade de Coimbra receberam na passada terça-feira, das mãos do Secretário de Estado da Saúde, o prémio de boas práticas atribuído pelo INFARMED, pelo Guia “Orientações para a Atividade de Produção de Cosméticos em Pequena Escala – Requisitos Regulamentares e Boas Práticas de Fabrico”.

Este Guia, da iniciativa do CEARTE e editado por este centro de formação em 2018, foi desenvolvido no ano 2017 por estas duas entidades, tendo como autores a Dra. Ana Cristina Mendes e o Dr. Fernando Gaspar, do CEARTE, e, por parte da Faculdade de Farmácia, a Professora Eugénia Pina e o Dr. Rui Manadas.

Ao decidir atribuir o prémio, o INFARMED reconheceu que este é um Guia que responde a necessidades de orientação sobre o exercício de atividade e a legalização dos pequenos produtores existentes em Portugal na área dos cosméticos, com especial enfoque nos sabonetes artesanais, à luz da legislação nacional e comunitária aplicável.

O documento em causa é também importante numa lógica de proteção dos consumidores, pois estes, ao adquirirem sabonetes ou outros cosméticos produzidos por Unidade Produtiva Artesanal reconhecida, têm a garantia de que os mesmos são fabricados de modo artesanal por microprodutores que possuem o devido licenciamento, que se encontram registados no INFARMED e que têm os seus produtos inscritos no portal de notificação europeu “Cosmetic Products Notification Portal” (CPNP), com os inerentes comprovativos e monitorização do controle de qualidade a que estão sujeitos por parte das entidades competentes.

Sublinhe-se que a iniciativa do CEARTE de convidar a Faculdade de Farmácia e o INFARMED para o desenvolvimento conjunto do Guia se enquadra na missão deste Centro de efetuar a avaliação técnica dos processos de requerimento de carta de artesão e de carta de unidade produtiva artesanal, submetidos pelos interessados ao abrigo do Decreto-Lei n.º 41/2001, com a redação dada pelo Decreto-Lei n.º 110/2002, de 16 de abril, e da Portaria n.º 1193/2003, de 13 de outubro, e cuja entidade responsável é o IEFP. Uma das atividades que integram o repertório de atividades artesanais em vigor, publicado em anexo à referida Portaria, é o “Fabrico de Sabões e Outros Produtos de Higiene e Cosmética (13.05)”, pelo que recebe o Centro regularmente pedidos de emissão de carta de artesão e de unidade produtiva artesanal nessa área, cumprindo com o Guia um importante apoio aos microprodutores destes setores e aos consumidores.

Este prémio foi integrado num conjunto de outras distinções atribuídas pelo INFARMED, que distinguiram entidades públicas ligadas à saúde e stakeholders do INFARMED que desenvolveram soluções, práticas e outras iniciativas que se revelaram de grande utilidade e marcaram a sociedade ao longo do ano 2018.

 

 

quarta, 16 janeiro 2019 18:10

https://on-centro.pt/index.php/pt/noticias2/item/893-cearte-e-faculdade-de-farmacia-da-uc-distinguidos-pelo-infarmed 

CEARTE e Faculdade de Farmácia da UC distinguidos pelo INFARMED

Iniciativa do CEARTE, este guia foi desenvolvido durante o ano de 2017 e editado já em 2018 em conjunto com a FFUC, tendo como autores Ana Cristina Mendes e Fernando Gaspar (CEARTE), e Eugénia Pina e Rui Manadas (FFUC).

 

O Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património (CEARTE) e a Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC) receberam, na passada terça-feira, o prémio de boas práticas atribuído pela Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (INFARMED), pela publicação do Guia “Orientações para a Atividade de Produção de Cosméticos em Pequena Escala - Requisitos Regulamentares e Boas Práticas de Fabrico”.

O prémio entregue por Francisco Ramos, Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, representa o reconhecimento da resposta à necessidade de orientação sobre o exercício de atividade dos pequenos produtores existentes em Portugal na área dos cosméticos e sua legalização, com especial relevância para a produção de sabonetes artesanais, em consonância com a legislação nacional e comunitária.

O documento produzido pelo CEARTE é também importante na lógica de proteção do consumidor. Desta forma, existe a garantia do modo artesanal de produção e de que os produtos se encontram registados no “Cosmetic Products Notification Portal” (CPNP), com comprovativos e monitorização do controle de qualidade a que estão sujeitos pelas entidades responsáveis de fiscalização.

Iniciativa do CEARTE, este guia foi desenvolvido durante o ano de 2017 e editado já em 2018 em conjunto com a FFUC, tendo como autores Ana Cristina Mendes e Fernando Gaspar (CEARTE), e Eugénia Pina e Rui Manadas (FFUC).

Este prémio foi integrado num conjunto de outras distinções atribuídas pelo INFARMED, que distinguiram entidades públicas ligadas à saúde e stakeholders do INFARMED que desenvolveram soluções, práticas e outras iniciativas que se revelaram de grande utilidade e marcaram a sociedade ao longo do ano 2018.

No âmbito da sua atividade, o CEARTE tem recebido, com alguma regularidade, pedidos de emissão de carta de artesão e de unidade produtiva artesanal na área da produção de sabonetes e cosméticos. A publicação do guia visou responder à necessidade de orientação de “Fabrico de Sabões e Outros Produtos de Higiene e Cosmética” que consta do anexo à Portaria n.º 1193/2003.